Só eu mesmo, pra começar a escrever um blog de viagem retrógrado.

Estou atrasada.

É meu primeiro post, e já estou atrasada. Oito meses atrasada, para ser exata. Saí de Belo Horizonte em 19 de novembro de 2014, rumo ao Sudeste Asiático. Larguei o emprego, o apartamento, os gatos. Fui pra ficar dois meses, fiquei oito. Durante o caminho, várias pessoas me disseram “escreve um blog, escreve um livro!”. Pois bem, aqui está o blog (o livro vai ter que esperar, galera, foi mal).

IMG_20150223_185728[1]
Pôr do sol em Koh Tao, na Tailândia.
Sempre gostei de escrever. Acho terapêutico – essa ideia de colocar tudo o que está na sua cabeça em uma folha de papel (ou na tela de um computador, serve também) e olhar seus pensamentos de fora. Ajuda a elaborar as coisas, ter uma nova perspectiva. Pois bem, espero que esse blog me ajude a elaborar tudo o que aconteceu nos últimos meses.

Espero também que ele seja um meio de compartilhar minhas aventuras.

“E aí, como foi a viagem?”

“Ah, foi ótima!”

“Só isso?”

Não, não é só isso, mas o que mais eu posso dizer? Não sei! Não sei resumir a maior experiência da minha vida em algumas frases. Fica aqui então uma resposta mais elaborada não só para essa, mas também para as (muitas!) viagens que ainda quero fazer no futuro.

Por fim, espero que esse blog seja útil para outros viajantes. Que nós possamos trocar dicas, roteiros, quebradas de cara e afins. E que nós possamos ajudar uns aos outros a cair de cabeça mundo.